Atendimento
62 3099-9800
adm@ctoanapolis.com.br
Localização
Avenida Santos Dumont 836, Jundiai, Anápolis-GO, 75113-180

Theorema

Dr. Carlos Galvão Victor

Angiologista   |  Médico Clínico Geral e Cirurgião
CRM 6139
Angiologia – RQE Nº: 485
Cirurgia Vascular – RQE Nº: 484

Agende uma consulta

Tomografia Computadorizada 16 Canais

A qualidade das imagens conseguidas por este tipo de equipamento permite a realização de diagnósticos precoces e, muitas vezes, possibilita até que se realizem medidas preventivas para evitar o desenvolvimento de doenças.

Esse tipo de exame é realizado por um aparelho computadorizado de alta resolução, que permite avaliar os detalhes de muitos órgãos do corpo. Semelhante ao Raio X, ele também utiliza radiação ionizante, e permite avaliação detalhada do sistema nervoso central e das artéria coronarianas, inclusive com a estimativa da quantidade de fluxo, de nódulos pulmonares, de enfisemas e com a utilização de contraste iodado permite avaliações detalhada do fígado, pâncreas, rins e vias urinárias.

Tipos de Exames:

Tornozelo; tórax; seios da face; renal; quadril; punho; pescoço; perna; pelve; pé; órbitas ou vias ópticas; ombro; mão; mandíbula ou maxilar; joelho; crânio; coxa; cotovelo; coluna torácica; coluna lombar; coluna; braço; aorta torácica e abdominal; RX- DRX.

Agende uma consulta

Doppler Colorido

O doppler é uma das modalidades da ultrassonografia. As imagens obtidas permitem determinar o sentido e a velocidade de circulação do sangue nos vasos sanguíneos e nas cavidades cardíacas. O sentido do fluxo sanguíneo é mapeado nas cores azul e vermelha, conforme o sentido de circulação do sangue.

Este exame auxilia no estudo da circulação, sendo empregado não só no diagnóstico e acompanhamento de doenças, mas também na área da obstetrícia para seguimento e avaliação da gestante e do bebê. O procedimento pode ser empregado em qualquer porção circulatória, mas seu uso tem sido mais frequente na análise da circulação nas carótidas.

Agende uma consulta

Raio X Digital

A radiografia digital se baseia nos mesmos princípios de emissão de raios-X e de sua interação com o organismo humano. A diferença está apenas em como os raios que atravessam a matéria serão capturados e processados de modo a gerar a imagem. Nesse caso, não há a necessidade do uso de placas de filme ou do processo de revelação. Na radiografia digital direta, o raios-X são capturados por uma placa de circuitos sensíveis à radiação que gera uma imagem digital e a envia ao computador na forma de sinais elétricos. Uma vez no computador, a imagem pode ser processada, enviada para os profissionais de saúde, armazenadas ou até mesmo impressas. Já na radiografia digital indireta, os raios são capturados por uma placa de fósforo que precisa ser escaneada a fim de que a imagem seja transmitida ao computador. A partir daí, ela pode ser processada e destinada para os mais diversos locais, da mesma forma que a radiografia direta.

Agende uma consulta

Ultrassonografia

A ultrassonografia é uma técnica médica, não invasiva, utilizada para reproduzir imagens dinâmicas – observadas em tempo real – dos órgãos internos, tecidos, rede vascular e fluxo sanguíneo, auxilia, complementa e interage com outras especialidades médicas. É um método que não utiliza nenhum tipo de radiação e não apresenta efeitos colaterais. É utilizada no estudo dos órgãos intra-abdominais, torácicos e estruturas superficiais (tireóide, mama, músculo esquelético e outros).

Ultrassonografia com Doppler

É uma técnica especial que avalia o padrão de fluxo sanguíneo de órgãos e estruturas diversas bem como o estudo direto de vasos centrais e periféricos.

Agende uma consulta

Ecocardiograma

O ecocardiograma é um exame de ultrassom que avalia o funcionamento do coração. Os resultados são mais detalhados do que os obtidos em um raio-x, além de não expor o paciente à radiação.

O dispositivo capta as ondas sonoras que são emitidas por todas as partes do coração. Esses ecos são transformados em imagem e exibidos em um monitor, permitindo ao médico analisar em tempo real, todas as características do coração do paciente, como: tamanho, forma das válvulas, espessura dos músculos e a capacidade de funcionamento do coração, além do fluxo sanguíneo. Esse exame também permite analisar os grandes vasos do coração, artéria pulmonar e aorta.⠀

Agende uma consulta

Eletrocardiograma

Exame que permite a avaliação elétrica da atividade cardíaca (eletricidade que ele produz e transmite na pele), registrada em gráficos que são comparados com gráficos padrão e que indicam, assim, o estado de normalidade ou de alteração dos músculos e nervos do coração.

A atividade elétrica cardíaca é semelhante a energia dos fios de condução elétricos da nossa casa, com lados positivos e negativos. São essas diferenças, captadas por eletrodos sensíveis colocados em pontos específicos do corpo, que são registradas nos gráficos do eletrocardiograma.

Apesar de ser de execução muito simples, este é um exame muito importante em cardiologia, pois ele permite diagnosticar desde condições simples até outras muito graves, como os infartos, crescimento de cavidades, disritmias, por exemplo.

Agende uma consulta

Densitometria Óssea

É usada para analisar possíveis perdas de massa óssea que podem indicar osteopenia ou osteoporose. É um exame indolor e seguro, que através de imagens, detecta precocemente sinais de perda de espessura óssea e mineral.

É um método mais moderno, aprimorado e inócuo para se medir a densidade mineral óssea e comparado com padrões para idade e sexo. Essa é condição indispensável para o diagnóstico e tratamento da osteoporose e de outras possíveis doenças que possam atingir os ossos. Através deste exame é avaliado o grau da osteoporose, indicando a probabilidade de fraturas, assim o especialista recomenda o tratamento adequado de acordo com o quadro clínico do paciente.

Este exame é feito por ordem de chegada.

Agende uma consulta

Laboratório e Diagnóstico

Os exames de laboratório e diagnóstico orientam os especialistas sobre o tratamento mais eficaz de acordo com o quadro clínico do paciente.

Exames laboratoriais, como:

  • testes de anticorpos antinucleares FAN (fator anti-núcleo);
  • testes de pesquisa de autoanticorpos;
  • teste de Coombs;
  • hemograma completo;
  • proteína C-reativa (PCR);
  • taxa de sedimentação de eritrócitos (ESR);
  • testes imunoenzimáticos
  • testes imunofluorescência e outros.

 

Agende uma consulta

Biópsias

O objetivo de uma biópsia é colher material de uma lesão ou de um órgão do corpo para ser avaliado por um médico especialista. Dessa forma, é possível obter informações precisas sobre a natureza das lesões ou o grau de comprometimento de um tecido por doenças.

A biópsia percutânea, isto é, através da pele, é realizada sem necessidade de cirurgia. A utilização de métodos de imagem para guiar esse tipo de procedimento é um avanço que permite que as biópsias sejam realizadas com grande precisão e com menor risco, podendo-se detectar precocemente eventuais complicações durante o exame. Além disso, o acesso percutâneo pode ser realizado sob anestesia local, o que evita maiores riscos anestésicos, facilita a recuperação após o procedimento e não deixa cicatrizes como em uma cirurgia. Ela pode ser guiada por qualquer dos métodos de imagem como ultrassonografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética e, no caso da mamografia, por estereotaxia.

A escolha do método depende de vários fatores, entre eles, a facilidade de identificar o alvo, simplicidade, disponibilidade e menor custo. O procedimento é realizado com anestesia local, que “adormece” a pele e todo o trajeto por onde a agulha da biópsia irá passar. O procedimento tem duração variável, dependendo do tipo de equipamento utilizado e das características da lesão. O paciente permanece deitado na mesa de exame e segue as orientações da equipe que realiza a biópsia. Todos os procedimentos são precedidos da desinfecção da pele de acordo com os protocolos estabelecidos. O número de fragmentos colhidos também varia de acordo com o caso.

Quando necessário obter um maior número de fragmentos, é utilizado um sistema auxiliar para a biópsia, chamado “coaxial”. Ele permite que múltiplos fragmentos sejam obtidos sem a necessidade de várias passagens através da pele, evitando desconforto e tempo prolongado de exame.

Agende uma consulta